Ação de policiamento no Tapajós

Nesta última segunda feira, dia 30 de setembro, icnbio, tapajoara, policia militar do Pará e policia civil além de outros órgãos responsáveis pela segurança em nosso Município, estiveram reunidos na área da escola Santo Inácio de Loyola, com comunitários, alunos e professores para esclarecimentos sobre trabalho infantil o que é e o que não é, Lei Maria da Penha, drogas, uso de internet na comunidade e registro de ocorrências policiais, como agir quando algo ocorre nas comunidades distantes da sede do município. Foi dividido em equipes o publico presente para melhor aproveitamento dos palestrantes. Os policiais fizeram ronda em alguns logradouros durante a tarde e noite, inclusive o icnbio fiscalizou roçados e pescaria. No dia seguinte a equipe seguiu para a comunidade de Cametá com o mesmo intuito. A proxima viagem ainda será agendada mas garantem que antes do final do ano corrente.

Sindicalistas da saúde visitam região do Tapajós

na terça feira dia 23 de setembro a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores na Saúde em Santarém, tiveram visitando nossa querida e amada vila de Boim. Reuniram-se com os servidores da Unidade Básica de Saúde assim com os Agentes de Saúde que atuam junto a referida unidade. Segundo o ACS. Jadson Caetano que atua nas comunidades de Jauarituba e Jatequara o motivo da viagem é conhecer a realidade do trabalho desenvolvido, em especifico a área geográfica, além claro poder atender as reivindicações feitas pela categoria para melhor atender a população, no caso de material de trabalho. Também na oportunidade o diretor do Sindicato dos trabalhadores da área de Saúde como um todo, Sandro Pacheco, e perguntado o motivo da presença do grupo aqui haja vista ainda não havia acontecido algo semelhante, o mesmo afirmou que é política do órgão visitar todas as regiões atendidas pela entidade. Hoje, especificamente aqui em Boim, afirma ter recebido uma proposta dos ACS da região do Tapajós para verificar as reais necessidades e dificuldades enfrentadas no desenvolvimento de suas funções o que foi aceito, depois de reunir aqui em Boim seguiram para Surucuá e outras comunidades onde haja Posto de Saúde.

Sede futura

No ultimo sabado14/09 ocorreu uma promoção da rádio comunitária integração FM para arrecadar fundos para construção da sua sede própria. Também os comunitários darão material de construção para a mesma. Houve bingo, vatapá muito gostoso, churrasco que tava uma delicia, itaipava gelada ao comando musical de HM produções. A próxima parada será na praia em frente a vila. Foi muito legal.

micro sistema e energia solar

O sistema de abastecimento de água de Boim/Rosário esta em funcionamento há bastante anos, com gerador queimando óleo diesel. Fazendo muito barulho a vizinhança em plena madrugada, hora melhor do sono.

A implantação do mesmo ajuda muito as comunidades que agora não tem mais a preocupação em buscar água no rio, principalmente nesta época de vazante do Tapajós, pela distancia e as vezes suja.

Basta abrir a torneira e jorra o precioso liquido.

Agora o funcionamento da bomba é feita com energia gerada pelo sol. Com isso melhorou a barulheira do motor. Somos gratos ao Projeto Saude e Alegria, Tapajoara, e demais parceiros que se preocupam com o bem estar deste povo que vive as margens do rio Tapajós.

Esperteza

Todo dia quando o Juquinha passava para a escola, entrava na peixaria de seu Manoel e perguntava:

_ Tem balas?

Seu Manoel respondia:

-Não tem balas.

No outro dia novamente Juquinha entrava e perguntava:

_ Tem balas?

Até que um dia seu Manoel estava ja aborrecido com o garoto, disse:

Se perguntar se tem balas eu pego uma corda e amarro você e vou entregá-lo ao diretor da escola.

No outro dia Juquinha chega na peixaria e pergunta:

_ Tem cordas?

O senhor prontamente responde:

_ Não tem cordas.

_ Então tem balas?

Energia elétrica cada vez melhor

Desde o inicio do mês de setembro contando com ajuda de um eletricista funcionário da SEMAB, Santarém, estamos lutando para a melhoria da qualidade da energia elétrica distribuída na vila. Temos um grupo gerador potente e a energia que chegava na casa dos consumidores era fraca, nem todo eletrodoméstico funcionava corretamente. Houve muitas discordâncias entre consumidores por não chegar energia suficiente, para bom desempenho e uso de seus equipamentos. Ficamos uma semana sem energia enquanto se fazia a recuperação de algumas peças do motor. A pessoa indicada pela Prefeitura chegou, reuniu com os usuários e pediu que fosse trocado todos os ramais da mesma qualidade, fio duplex nº 10 garantia uma energia bem melhor. Hoje, já estamos no segundo dia de trabalho de troca de ramais, e onde a geladeira ou o freezer não funcionava voltou a normalidade. Em breve voltaremos a poder usar ferramentas que hoje estamos impedidos de uso.

foto de Graciano valente